Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Bem-vindo(a)

Hoje tudo o que eu queria
era a tua visita.
Não sei porquê mas fazia-me bem
que me deixasses uma mensagem.
Se não gostares do
meu cantinho diz.
Podes ficar descansado(a)
que não vou ralhar contigo.
Para quem não sabe
e me visita pela primeira vez
este é um espaço de
um Açoriano da ilha Terceira.
Aqui vou falando
da minha terra
e das minhas ideias e ideais
.Obrigado por me visitares

Visita ao Convento de S. Pedro de Alcântara no Pico

20.08.06, ilhas

Tenho mostrado aqui muitas das belezas da ilha montanha, Pico, por quem , também, para além da minha mulher que é de lá, me apaixonei.

Mas é claro que nunca há bela sem senão e o que vos apresento a seguir é realmente muito triste.

Desde a primeira vez que vi aquele edifício que senti curiosidade de o conhecer. Na imensidão da ilha e na pequena Vila de São Roque o Convento de São Pedro de Alcântara destaca-se das restantes construções. Não sou grande conhecedor da sua história mas o pouco que já li sobre aquele espaço deixou-me desperto para o quanto ele significa para a história do concelho e da ilha.

Para além da função para que foi criado, convento, foi palco de vários episódios da história picoense. Foi lá que muitos aprenderam as primeiras letras, depois da expulsão dos frades serviu para acolher a  policia, foi edifício sede do município ...

O edifício é de facto de uma beleza e riqueza arquitectónica únicas destaque-se a sua igreja a qual também tive o gosto de visitar e fotografar. Pois foi  visitei-o no dia da procissão do Cais de Agosto. Se o impacto que tive com a beleza da igreja foi grande o mesmo não terá sido menor ao deparar-me com o estado de degradação do edifício conventual. A porta também estava aberta e pareceu-me que já está assim  há muito tempo. Ao entrar deparei-me com vários livros espalhados o que indicia, talvez , a presença de visitantes menos pacíficos . subi os degraus e a par de muito lixo  pelos corredores vi pelas janelas um lindo claustro. As janelas deste edifício quase já nem tem vidros, os pombos e outros animais utilizam livremente o  espaço como ninho. Notei que já houve uma tentativa de recuperar o edifício pois o tecto é novo. Mas o estado actual de degradação, se não se acudir a este belíssimo imóvel , poderá ser fatal , para o mesmo, caso a sua recuperação peque pela demora.

( Claustro )

( Uma das salas)

Sugiro que se usem de trancas neste edifício , pelo menos enquanto se aguarda a sua recuperação, pois gente sem escrúpulos existe em qualquer lado. Mais vale prevenir que remediar!

4 comentários

Comentar post