Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Bem-vindo(a)

Hoje tudo o que eu queria
era a tua visita.
Não sei porquê mas fazia-me bem
que me deixasses uma mensagem.
Se não gostares do
meu cantinho diz.
Podes ficar descansado(a)
que não vou ralhar contigo.
Para quem não sabe
e me visita pela primeira vez
este é um espaço de
um Açoriano da ilha Terceira.
Aqui vou falando
da minha terra
e das minhas ideias e ideais
.Obrigado por me visitares

Pavimento da vergonha!

12.05.06, ilhas

                                       

Desde que se iniciaram as obras de repavimentação da Estrada Regional entre Angra e Praia , que ando a pensar "postar" algo sobre o assunto. O artigo que hoje li no jornal "A união"  sobre  a matéria  fez-me agora sair do silêncio.

É que não é só a Feteira que está descontente com a forma como aquele trabalho está a ser realizado. Também no Porto Judeu, por onde a obra já está concluida, a insatisfação é grande. Sei que o presidente da Junta também já se dirigiu às obras públicas para se queixar!

Estivemos nós tanto tempo à espera de um melhor pavimento e agora conduzimos assustados com o que nos deram!

Se uma viatura tiver a desdita de se chegar à berma está sujeita a lá permanecer,sofrendo muitos danos,  tal a fondura da mesma; se uma pessoa de idade vier pelo caminho não pode resguardar-se das viaturas devido à falta de passeios...

Se a chuva for intensa, muita gente corre o risco de ficar com as casas inundadas, porque as bermas não têm qualquer escoamento pluvial!

Tenho reparado que algumas pessoas têm colocado nas suas entradas pedaços de madeira para poderem ter um melhor acesso às suas moradias...

Se nas  próximas  intervenções fizerem igual, corre-se o risco das casas existentes naquela area ficarem muito abaixo do nivel do caminho e daqui a anos só lhes vermos os cumes! 

Parece-me que a forma rápida como as obras decorrem e a maneira como o fazem, sem tirar qualquer alcatrão do antigo, limitando-se a por um manto novo por cima do velho, servirá para economizar alguns trocos, não sei se ao governo se ao empreiteiro... Mas também me parece que esta economia, poderá  sair cara a alguém! Sempre ouvi dizer que "quem compra ruim pano, compra duas vezes no ano"!

5 comentários

Comentar post