Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Bem-vindo(a)

Hoje tudo o que eu queria
era a tua visita.
Não sei porquê mas fazia-me bem
que me deixasses uma mensagem.
Se não gostares do
meu cantinho diz.
Podes ficar descansado(a)
que não vou ralhar contigo.
Para quem não sabe
e me visita pela primeira vez
este é um espaço de
um Açoriano da ilha Terceira.
Aqui vou falando
da minha terra
e das minhas ideias e ideais
.Obrigado por me visitares

Os Sem abrigo do Carnaval

17.02.06, ilhas
Teatro Angrense

Já tenho falado por diversas vezes no Carnaval e na grande tradição que tem nesta ilha. As danças e Bailinhos de Carnaval são uma manifestação única no mundo em termos de Teatro popular, aliás o maior palco do mundo nos quatro dias que a festa dura é a ilha Terceira. Pena que não haja uma maior divulgação do nosso Carnaval, poderia ser uma grande forma de trazer turistas.
As danças desde sempre foram muito mais rurais do que citadinas. Mas nos últimos anos , principalmente após a abertura do Teatro Angrense, às mesmas , ganharam novos adeptos. Agora é chique ir ver as danças. E por causa disso muita gente de bem , prescinde do conforto de seus lares para estarem dias a fio ao sol, chuva e frio para adquirirem os bilhetes para os dias de festa. Hoje o jornal "A União", que se publica nesta cidade de Angra, brinda-nos com um belissimo artigo, da autoria de João Rocha , que foca o asssunto. Sigam o link e leiam.
Aquilo que vi ontem, ao passar pelo local, deixou-me deveras surpreendido e pensei "postar" sobre o assunto . Porque sabem, sou um grande amante do carnaval, adoro participar nas danças e bailinhos e também de ver o que os outros fazem. Mas prescindir da minha cama e tornar-me numa espécie de "Sem Abrigo", muito embora temporário, para comprar bilhetes,está fora de questão. Aliás , até penso que o que se está a fazer na zona só é prejudicial para a imagem da nossa cidade, que é património mundial. Não poderá a Camara Municipal pensar noutra forma de ceder os Bilhetes ?
Até porque o Mercado Negro é que fica a ganhar ....

16 comentários

Comentar post