Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Bem-vindo(a)

Hoje tudo o que eu queria
era a tua visita.
Não sei porquê mas fazia-me bem
que me deixasses uma mensagem.
Se não gostares do
meu cantinho diz.
Podes ficar descansado(a)
que não vou ralhar contigo.
Para quem não sabe
e me visita pela primeira vez
este é um espaço de
um Açoriano da ilha Terceira.
Aqui vou falando
da minha terra
e das minhas ideias e ideais
.Obrigado por me visitares

Cantigas da despedida

06.03.09, ilhas

 

Aqui fica o registo das cantigas da despedida do bailinho do Cantinho em São Mateus de que fui autor:

 

Não te vou dizer adeus
Porque dos olhos meus
Lágrima vou derramar
Fica na Graça de Deus
Que eu lá em São Mateus
Vou-te sempre recordar
A amizade que temos
 Muito grande sem igual
Vai passar nós cremos
para lá deste Carnaval
Será sempre bem-vindo
Quem meu amigo for
Ao meu Cantinho lindo
Ao meu amor maior
 
Contigo poderei contar
Amigo não pode falhar
Seja lá onde eu estiver
E que te veja passar
Vou-te cumprimentar
Nos dias que Deus nos der
Custa sair deste calor
Que aquece minh`alma
É um afago de amor
Que adoro e acalma
Sou fiel à amizade
Acredita no que digo
Não há como a verdade
E um grande amigo
 
Não é só uma cantiga
A mim ninguém obriga
A cantar esta felicidade 
È uma verdade patente
È esta a melhor gente
 P´ ra honrar a amizade
Gente que ama o pão
E o distribui com amor
 Beijando este seu chão
Onde o fez com suor
Lágrimas de saudade
Derramo em desalinho
Abraços de saudade
Que levo pró Cantinho
   
Não é para ser cortês
Que despedida de vocês
Fala de alguns valores
Não há maior felicidade
Do que ter a amizade
Das gentes dos Açores
Povo bom hospitaleiro
De uma sã partilha
Cabe o mundo inteiro 
No coração da sua ilha
Terceira tão fraternal
Berço deste cantinho
Rainha do Carnaval
Tão cheia de carinho
 
Coro:
Eu sou do Cantinho
De São Mateus
E neste caminho
Vos digo adeus
Adeus, adeus
Que de vós me aparto
Na graça de Deus
Amizade reparto
Adeus, adeus
Meu coração aqui fica
Ao ver dos olhos teus
Sair lágrima em bica
Adeus, adeus
Eu vou pró  cantinho
Também a chorar 
Por este carinho
Que vim encontrar