Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Bem-vindo(a)

Hoje tudo o que eu queria
era a tua visita.
Não sei porquê mas fazia-me bem
que me deixasses uma mensagem.
Se não gostares do
meu cantinho diz.
Podes ficar descansado(a)
que não vou ralhar contigo.
Para quem não sabe
e me visita pela primeira vez
este é um espaço de
um Açoriano da ilha Terceira.
Aqui vou falando
da minha terra
e das minhas ideias e ideais
.Obrigado por me visitares

RECEITA DE NATAL

11.12.05, ilhas
bar32.gif
Agora que o Natal está à porta aqui fica ,como forma de ajudar na confecção do seu jantar da consoada ,uma receita de Bolo Rei.

Ingredientes:

1,250 Kg de farinha de trigo
50 g de fermento de padeiro ou 25 g de fermento organico
3 dl de leite
250 g açúcar
12 ovos
300 g de manteiga
1 g de sal
150 g de passas
100 g de cidrão doce
100 g de ameixas
100 g de amêndoas
150 g de nozes
150 g de pinhões
frutas cristalizadas
Confecção:

Amassam-se duzentos e cinquenta gramas de farinha de trigo da melhor com cinquenta gramas de fermento de padeiro ou com vinte e cinco gramas de fermento orgânico em pasta, desfeito qualquer deles em um decilitro de leite morno, tapa-se bem e deixa-se a massa a levedar em sítio quente, por cinco a seis horas.
À parte deita-se num alguidar um kilo de farinha, amassando-o com duzentos e cinquenta gramas de açúcar em pó, seis ovos inteiros, seis gemas, trezentas gramas de manteiga derretida, um grama de sal fino e dois decilitros de leite, devendo ficar uma massa consistente; podendo-se deitar mais leite se for necessário por a farinha ser muito seca. Misturam-se os duzentos e ciquenta grama de farinha que se amassaram com o fermento, amassando tudo bem, e, em estando a mistura bem homogénia, juntam-se cento e cinquenta gramas de passas, cem gramas de cidrão doce cortado miúdo, cem gramas de ameixas de Elvas cortadas aos quartos e sem caroço, cem gramas de amêndoas despeladas, cento e cinquenta gramas de nozes cortadas em quatro bocados e cinquenta gramas de pinhões; amassa-se novamente para encorporar bem na massa todos os elementos que se juntam, cobrindo-se com um pano deixando levedar até aumentar o volume de metade, o que precisará de pelo menos de seis a dez horas, conforme a temperatura do ar e o estado atmosférico, sendo preferível preparar a massa à noite para cozer no dia seguinte.
Estando a massa bem levedada,fazem-se bolos em coroa, pondo-se no vazio do centro uma tigela ou um copo para não fechar; por cima da massa põem-se algumas ameixas de Elvas cortadas ao meio e pêras ou outras frutas secas cristalizadas e algumas amêndoas, deixando repousar por duas horas, polvilhando com açúcar pilé e pondo-os a cozer no forno com calor forte.
Antes de pôr no forno, pode-se pintar a massa por cima com gema de ovo.
Feita a massa fazem-se os bolos e pôem-se em tabuleiro indo ao forno de calor brando.

Retirado do site www.gastronomias.com

O Presépio

11.12.05, ilhas
v1223 00412.jpg
Cá em casa qualquer um de nós gosta muito do Natal. Para além das decorações próprias da época fazemos sempre o presépio. Este ano as proporções ,do mesmo, aumentaram um pouco. aliás , ano a ano , têm vindo a aumentar fruto da compra de novas peças. espero que gostem.

...

11.12.05, ilhas
sleighs1.gif
A voar num trenó , sonho vem trazer a cada uma das crianças do mundo;
Paz e amor deveria ser
No entanto é o materialismo que impera. Muitas vezes somos egoistas e só nos lembramos de nós...
Este Natal se cada um de nós ajudar alguém que necessita, decerto se sentirá muito melhor consigo próprio.
Eu já o fiz. Fui o Pai Natal de uma das meninas da Irmandade de Nossa Senhora do Livramento. Deixe um pouco do muito que tem de lado e dê!
Vai ver que se sentirá melhor. Vai sentir que fez o Natal de alguém mais feliz!