Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Bem-vindo(a)

Hoje tudo o que eu queria
era a tua visita.
Não sei porquê mas fazia-me bem
que me deixasses uma mensagem.
Se não gostares do
meu cantinho diz.
Podes ficar descansado(a)
que não vou ralhar contigo.
Para quem não sabe
e me visita pela primeira vez
este é um espaço de
um Açoriano da ilha Terceira.
Aqui vou falando
da minha terra
e das minhas ideias e ideais
.Obrigado por me visitares

Oração

30.09.05, ilhas
SENHOR

O meu coração começa a bater mais forte.
Não sei porquê mas tenho muito que agradecer,

São tantas as coisas que aconteceram...
São tantos os momentos que ocorreram que já me perdi em lágrimas, sorrisos,
recordações... mas ficaram os apertos de mão e os abraços recebidos.

Mas, diante deste turbilhão de coisas e acontecimentos,
eu venho Te pedir... Tu mesmo me ensinaste a pedir,
mas não sei pedir... estou como uma criança, diante de uma loja de brinquedos.

Senhor, ensina-me a pedir!
Ensina-me a ter um coração de Salomão, que só pediu sabedoria.
Um coração de criança, que só pede amor.
Um coração de doente, que só pede saúde.
Um coração de guerreiro, que só pede coragem.
Um coração de médico, que só pede para poder ajudar os outros

Senhor, que este pobre coração, possa neste momento apenas bater com o
coração de Cristo e que eu possa ter em minha mente um só pensamento:
o Teu pensamento, para que eu saiba dizer
OBRIGADO SENHOR!!!!!!!!!

ALDA

...

30.09.05, ilhas
hospital_simbolo_dr.jpg
Estou cansado e mentalmente debilitado. Penso que qualquer dia terei de ter apoio psicológico. Estas andanças de hospital estão-me a dar cabo da saúde. Já por diversas vezes tenho abordado aqui o assunto da doença de minha mãe. Vou voltar a falar hoje e fazer ver a revolta que sinto pela maneira como nós somos tratados pelos profissionais de saúde.
Sinto que se a minha mãe tivesse sido melhor observada não teria chegado a um ponto tão dramático tão depressa. Mas os médicos andam no hospital é a ver se aviam as pessoas , como os merceeiros fazem...
Imagine-se que anteontem falei com o médico e ele disse-me que havia a possibilidade de mandarem a minha mãe a casa. Fiquei preplexo e angustiado. A minha mãe cada dia está mais fraca. Nem sabe que está neste mundo. Agora o que faço ??? ... Tive de tomar algumas precauções. Ontem dirigi-me à Santa Casa e fiz a inscrição. Claro que eu não sei como se faz para tratar de uma pessoa que só está presente de corpo. Amo mais que ninguém a minha mãe e não consigo!
Na Santa Casa pediram-me declarações médicas sobre o estdao dela. Hoje dirigi-me pela manhã ao hospital. O médico informou-me que ainda não valia a pena levar nada porque o estado de saúde de minha mãe tinha-se agravado. Agora tem uma infecção respiratória. Bem , anteontem estava para ir para casa e agora ? Já à dias que eu notava que respiração de minha mãe estava péssima chegando a falar nisso aos enfermeiros...
Do serviço de enfermagem até nem tenho grandes queixas. São todos simpáticos e atenciosos, mas dos médicos em geral estou com uma muito má impressão. Outro dia conto mais histórias do hospital .