Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Ideias e Ideais

... Sou das Ilhas de Bruma onde as gaivotas vêm beijar a terra...

Bem-vindo(a)

Hoje tudo o que eu queria
era a tua visita.
Não sei porquê mas fazia-me bem
que me deixasses uma mensagem.
Se não gostares do
meu cantinho diz.
Podes ficar descansado(a)
que não vou ralhar contigo.
Para quem não sabe
e me visita pela primeira vez
este é um espaço de
um Açoriano da ilha Terceira.
Aqui vou falando
da minha terra
e das minhas ideias e ideais
.Obrigado por me visitares

Obrigado Azoriana

29.08.07, ilhas

A Rosa Maria Silva "AZORIANA" fez-me uma oferta que só mesmo um verdadeiro amigo faz. Trata-se de um livro, compilação dos seus artigos escritos sobre a Serreta, em versão caseira. Neste livro, a Rosa dedica-me algumas páginas e o texto que abaixo se publica. Estou deveras sensibilizado com o seu gesto e só tenho a agradecer muito. Este livrinho de 152 páginas é digno de um melhor tratamento, nomedamente a sua publicação por alguém ligado à freguesia quiçá a Junta ou até através do Santuário de Nossa Senhora dos Milagres de quem é uma grande devota e bastante tem feito através do seu blog pela divulgação daquele culto Mariano.

"Quando eu soube da elevação a Santuário Diocesano da Igreja da Serreta de Nossa Senhora dos Milagres, tive a grata surpresa de ser o amigo Luís Nunes a dar-me boleia até esta freguesia para que eu pudesse presenciar “in loco” a grande novidade que me tinha sido dada pela minha afilhada Cláudia Dinis.

Tomei conhecimento com o Luís Nunes através dos comentários dos nossos blogues e a partir de então, a amizade é pura e cristalina. Ele também ficou muito amigo da Nossa Senhora dos Milagres e da freguesia da Serreta. Já o era mas agora noto a sua presença de uma maneira mais participativa e amistosa.

O Luís é um artista e tem colaborado com algumas das suas inspirações para abrilhantar aquela que é a Nossa Mãe celeste. Basta ler-se a página que publiquei sobre o assunto, com fotografias e uma oferta de um cartaz alusivo à efeméride.

Foi também o Luís Nunes que foi o organizador do I e II Encontro Bloguista da Ilha Terceira junto comigo. Sem a força, o trabalho e o entusiasmo dele e da esposa, Elisabete Nunes, não teria conseguido levar a ideia adiante. Graças a eles tomou forma e até foram os autores das lembranças para os convidados deste encontro que foi pioneiro na ilha Terceira e certamente terá continuação.

O “ilhas”, “nickname” de Luís Nunes, é o autor da Dança de Espada - “Vidas Traídas” - que embelezou os palcos da ilha Terceira, no ano de 2007, e onde mostrou o seu talento para esta arte tão querida. Dediquei-lhe, nessa ocasião, umas quadras, escritas enquanto assistia a uma noite de ensaio da mesma dança.

Por tudo,

Bem-haja!"